PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 46 visitantes e Nenhum membro online

Leitura Orante da Bíblia

Hoje vamos fazer o exercício da Leitura Orante da Bíblia, lendo um trecho do profeta Amós 5,21-27.

Primeiramente, devemos invocar o Espírito Santo. A seguir, façamos a leitura do texto.

Eu odeio, eu desprezo as vossas festas e não gosto de vossas reuniões. Porque, se me ofereceis holocaustos..., não me agradam as vossas oferendas e não olho para o sacrifício de vossos animais cevados. Afasta de mim o ruído de teus cantos, eu não posso ouvir o som de tuas harpas!
Que o direito corra como a água e a justiça como um rio caudaloso!
Por acaso oferecestes-me sacrifícios e oferendas no deserto, durante quarenta anos, ó casa de Israel?

O terceiro passo é ficar em silêncio e lembrar o quê foi lido, para que, a seguir, possamos entrar na cena: imaginar as pessoas, o lugar em que vivem, ouvi-las. Para isso, vamos passar algumas informações sobre o texto que estão na Bíblia de Jerusalém.

Os profetas levantaram-se, muitas vezes, contra a hipocrisia religiosa: muitos acreditavam estar em paz com Deus, porque realizavam certos ritos cúlticos (sacrifícios, jejuns), desprezando, contudo, os preceitos mais elementares de justiça social e de amor ao próximo.

Outro subsídio para entender o texto está no livro Profetas da Bíblia: Gente de Fé e de Luta, de autoria de Luís Mosconi, editado pelo CEBI. Usando o estilo de uma entrevista, o autor assim exprime o sentimento de Amós sobre a situação do culto religioso: “Uma coisa que revoltava muito era a maneira como os ricos utilizavam a religião e o nome de Deus. Os sacerdotes corruptos ficavam do lado dos poderosos e praticavam uma religião vazia.”.

Para atualizar essa palavra em nossas vidas, vamos reler a participação do candidato Celso Russomano em uma missa ontem.

russomanno-01Segundo informações do Jornal O Estado de São Paulo, em sua página na Internet, o candidato referido, Celso Russomano do PTB, participou ontem de uma missa na Paróquia São Bernardo, na zona sul da Capital. Uma informação interessante sobre o fato, segundo consta no site: o irmão do padre é coordenador político do PTB (partido do candidato); apesar de o padre afirmar que sua intenção não foi pedir votos para o candidato, já que a orientação do bispo, segundo ele, é “abrir as portas da Igreja para quem já tem representatividade”.

Quero aproveitar para esclarecer que a Pastoral Fé e Política é suprapartidária, ou seja, seus membros podem fazer escolhas partidárias, porém as decisões da Pastoral não são pautadas pelos programas e projetos dos partidos políticos.

Ainda sobre esse assunto, lembram-se quando falamos sobre a Reforma Política? Um dos itens apresentado como reivindicação pela Plataforma dos Movimentos Sociais é justamente a democratização da comunicação, já que apenas 9 famílias controlam os principais jornais, revistas e emissoras de rádio e TV. Além disso, o tempo de propaganda eleitoral já é maior para os partidos que têm representatividade na Câmara dos Deputados, ou seja, a bola de neve do poder não dá espaço para os pequenos.

Retomando a leitura orante, temos o momento de falar com Deus, ouvi-lo e agradecer e com isso poder formular um compromisso com a vida.
E finalizando, vamos revisar a oração, registrar o que foi mais importante e escolher uma frase resumo para memorizar.

Esse foi somente um exemplo de como pode ser feita a leitura orante. Ainda mais porque os candidatos já sabem que as Igrejas, ou melhor, que seus fiéis são importantes de ser conquistados. Só tomemos cuidado para não sermos degolados por eles após as eleições.


 

 logo-cebi

 
 

FONTE: O artigo de Marília Amaral nos foi enviado diretamente pela autora, tendo sido primeiramente veiculado pela Rádio 9 de Julho no dia 30 de julho de 2012. Sua reprodução é autorizada pela Rádio 9 de Julho.

 

NOTA: O livro citado pode ser encontrado no site do CEBI.

 

 

Marília Amaral

Marília Amaral
Marília Amaral é integrante da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e também apresenta comentários sobre Fé e Política na Rádio 9 de Julho (AM 1.600 KHz/SP). Para falar com Marília Amaral utilize nosso formulário de contato.