PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 40 visitantes e Nenhum membro online

Cursos

Aula 16/04 EFPWR 2018

Lei de quem e para quem?

(Mt 22, 36-40)

36 «Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?» 37 Jesus respondeu: «Ame ao Senhor seu Deus com todo o seu coração, com toda a sua alma, e com todo o seu entendimento. 38 Esse é o maior e o primeiro mandamento. 39 O segundo é semelhante a esse: Ame ao seu próximo como a si mesmo. 40 Toda a Lei e os Profetas dependem desses dois mandamentos.»

Leia mais...

Aula 09/04 EFPWR 2018

Lei de quem e para quem?

(Mt 12, 33-34) (Jesus falando aos fariseus) “Se vocês plantarem uma árvore boa, o fruto dela será bom, mas se vocês plantarem uma árvore má, também seus frutos serão maus, porque é pelo fruto que se conhece a árvore. Raça de cobras venenosas! Se vocês são maus, como podem fazer coisas boas? Pois a boca fala daquilo que o coração está cheio.”

(Mt. 23, 1-5) Jesus falou às multidões e aos discípulos: “Os doutores da Lei e os fariseus têm autoridade para interpretar a Lei de Moisés. Por isso, vocês devem fazer e observar o que eles dizem. Mas não imitem suas ações, pois eles falam e não praticam. Amarram pesados fardos e os colocam nos ombros dos outros, mas eles mesmos não estão dispostos a movê-los, nem sequer com um dedo. Fazem todas as coisas para serem vistos pelos outros.”          Palavra da Salvação!

 

Acesse o material da aula clicando aqui.

Aula 26/03 EFPWR 2018

A NOVA CIDADE DE JERUSALÉM: (Isaias 65, 17-23)

17- Vejam! Eu vou criar um novo céu e uma nova terra. As coisas antigas nunca mais serão lembradas, nunca mais voltarão ao pensamento. 18 Por isso fiquem para sempre alegres e contentes, por causa do que vou criar. Farei de Jerusalém uma alegria, e de seu povo um regozijo. 19 Exultarei com Jerusalém e me alegrarei com meu povo. E nela nunca mais se ouvirá choro ou clamor. 20 Aí não haverá mais crianças que vivam apenas alguns dias apenas, nem velhos que não cheguem a completar seus dias, pois, será ainda jovem quem morrer aos cem anos, e quem não chegar aos cem anos será considerado amaldiçoado. 21 Construirão casas e nela habitarão, plantarão vinhas e comerão seus frutos. 22 Ninguém construirá para ouro morar, ninguém plantar& aacute; para outro comer, porque a vida do meu povo será longa como a das árvores, meus escolhidos poderão gastar o que suas mãos fabricarem. 23 Ninguém trabalhará inutilmente, nem gerará filhos para morrerem antes do tempo, porque todos será a descendência dos abençoados de Javé, juntamente com seus filhos. 


A ação na cidade com o desejo de justiça e paz

 

Clique aqui para acessar o material da aula.

Aula 12/03 EFPWR 2018

Amós 5, 21-24

21 Eu detesto e desprezo as festas de vocês; tenho horror dessas reuniões.

22 Ainda que vocês me ofereçam sacrifícios, suas ofertas não me agradarão, nem olharei para as oferendas gordas.

23 Longe de mim o barulho de seus cânticos, nem quero ouvir a música de suas liras.

24 Eu quero, isto sim, é ver brotar o direito como água e correr a justiça como riacho que não seca. 

Leia mais...

Inscrição de alunos EFPWR 2018 // Parte 2

Querido Alunos!
Segue link de inscrição da Unifesp. É muito importante o seu cadastro para controle e certificado de conclusão.
Basta clicar no link abaixo e depois no 9 link, onde estará a inscrição da escola.

Cristão na Política - Aula EFPWR 26/02/2018

Ano do Laicato;

Objetivo Geral:

 Testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade.

Objetivo Específico:

Estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, “verdadeiros sujeitos eclesiais” (DAp, n. 497a), como “sal, luz e fermento” na Igreja e na sociedade.

Leia mais...

31º Curso de Verão ÉTICA E PARTICIPAÇÃO POPULAR NA POLÍTICA A SERVIÇO DO BEM COMUM

De 09 a 17 de janeiro de 2018 participamos do 31o. Curso de Verão (CV) na PUC de São Paulo

 O CURSO DE VERÃO   é Popular, ecumênico e realizado em mutirão. Tem caráter nacional e é organizado para um grande número de participantes. Oferece, ao mesmo tempo, conteúdos para um significativo número de pessoas e atenção a cada cursista que é acolhido em grupos menores, dentro da metodologia da educação popular, que combina reflexão e criatividade, arte e celebração, vivência e compromisso. Pessoas, famílias, comunidades, movimentos populares e instituições educativas e religiosas colocam-se, gratuitamente, a serviço de sua preparação ao longo do ano e de sua realização.

Leia mais...

Políticas Públicas no Município

Apresentação de Políticas Publicas no Município de São Paulo

 

Antecedentes

Pacto federativo (União, Estados e Municípios);

Gestão descentralizada – é no município que a maioria das ações acontece;

Cidade de São Paulo 3º maior orçamento nacional;

  • 1- Conceito

Políticas públicas x políticas de governo

“ ...conjunto de decisões, planos, metas e ações governamentais, voltados para a resolução de problemas de interesse público”

Ciclo: agenda, formulação, implementação, avaliação.

Modelos de implementação – de cima para baixo x de baixo para cima.

Processo de formulação e Implementação:

Modelos:  racional, incremental, análise mistura e irracional.

(Programas, ações, serviços)

Pode ser executado diretamente ou através de (parcerias, convênios, contratos, licitações, etc)  ( MROSC).

  • 2- Atores

O público e o privado, as organizações sociais, as tensões entre o poder público e a execução das políticas públicas.

Movimentos Sociais, organizações da Sociedade Civil e poder público.

Relação de monitoramento ou de fiscalização.

  • 3- Cenários nacional – PEC 241 e congelamento do Orçamento por 20 anos.

Congelamento de investimento, perda de direitos, conservadorismo e retrocesso, privatizações.

PEC 241- congelamento por 20 anos dos gastos públicos.

Estudos IPEA

BPC – 54% passará para 177% - orçamento da assistência, Nota Técnica - 2016 - setembro - Número 27 – IPEA

Saúde - Nota Técnica - 2016 - setembro - Número 28 - IPEA

  • 4- Escolhas de gestão...(Drogas, educação, saúde, cultura, moradia) exemplos...

Disputa por orçamento e escolhas políticas e ideológicas. Exemplos de politicas públicas:

Drogas: Programas de braços abertos x redenção;(olhar da integral – com ênfase na saúde x olhar de polícia)

Saúde: construção do SUS- Adesão ao mais médico x política de compra de remédios de grandes grupos farmacêuticos laboratórios públicos;

Cultura: virada cultural x descentralização da cultura x acesso a diversidade (exemplo casa do hip hop - Brasilândia) x capoeira, jongo, grupos tradicionais.

Áreas Públicas: Privatização dos parques públicos, fechamento dos banheiros públicos, cercar viadutos e parques públicos...politicas higienistas...de limpeza de branqueamento...etc x bulevares, ruas de lazer, etc.

Mobilidade: passe livre x passe estudantil, (quantidade de cotas); gratuidade ao idoso no transporte público;