PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 219 visitantes e Nenhum membro online

Democracia Direta

No dia 10/04 a Escola de Fé e Política Waldemar Rossi tratou do tema Democracia Direta e o assessor foi Maurício Piragino (Xixo) da Escola de Governo e do Grupo de Trabalho Democracia Participativa da Rede Nossa São Paulo. Acesse o material da aula clicando aqui.

 

O assessor iniciou tratando do fato de que a Democracia Representativa encontra-se em crise.

Questionou este modelo do Brasil atual.

 

Definiu a Democracia como

  • Soberania popular
  • distribuição equitativa do Poder

 

A Democracia direta iniciou na Grécia.

depois veio a Representativa nos séculos XVIII e XIX.

Por último a Participativa - inclui ´a direta, mas é bom e didático separar.

 

Encontra-se em disputa após 2014 a

Democracia formal liberal x a democracial social

 

O Brasil tem uma democracia muito jovem, ainda não está enraizada.

O atual Congresso Nacional foi eleito pelas empresas. O que hoje não é mais permitido.

 

Por má interpretação/intenção, muitas pessoas entram na política para fazer negócio.

 

Fundamentos da Democracia Direta

Plebiscito - povo é consultado antes da redação da lei.

Lei de iniciativa popular

 

Instrumentos que além da participação do soberano, o povo. Tem um carater pedagógico muito importante. Permite a informação, a formação, o debate e o empodaramento.

 

Referendo - povo é consultado após a redação da lei

 

 

Márcia M. de Castro

Márcia M. de Castro
Márcia Mathias de Castro é fonoaudióloga, membro da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e Coordenadora da Escola de Fé e Política Waldemar Rossi (RE Belém). Também é colaboradora da Rádio 9 de Julho (AM 1.600 KHz - SP), participou da Escola de Governo e do Movimento de Integração Campo Cidade (MICC).