PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 3957 visitantes e Nenhum membro online

Encontro Estadual de Formação CF 2017

Encontro estadual de formação para a Campanha da Fraternidade 2017 em Itaici de 21 a 23 de outubro de 2016 com o tema "Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida" e o lema "Cultivar e guardar a criação.

 

 

Encontro Estadual de Formação CF 2017

Itaici 21,22 e 23 de outubro de 2016

Tema “Fraternidade: Biomas brasileiros e defesa da vida”

Lema “Cultivar e guardar a criação”

  

 

VER

 

Ingrid e Gabriel

 

 

 

 

Ecossistemas

 

Amazônia

 

  • Desmatamento

 

  • Pirataria

 

Cerrado

 

  • Próximo a MT e GO

 

  • Expansão agrícola

 

  • Garimpo

 

  • Mineração

 

Caatinga

 

  • Vegetação nativa desaparecendo

 

Pampas

 

  • Agropecuária causando a erosão do solo

 

  • Pantanal

 

  • Pecuária extensiva

 

  • Pesca predatória

 

  • Caça ao jacaré

 

Mata Atlântica

 

Bioma Mata Atlântica tem vários ecossistemas

 

  • Florestas de altitudes, de encostas, manguezais, florestas de araucária e campos de altitude.

 

  • Patrimônio nacional de CF 1988

 

  • Art 186 função social da propriedade rural

 

  • Lei da Mata Atlântica 11.428/2006

 

  • Um dos ecossistemas mais ameaçados do mundo

 

  • SP estado com mais áreas protegidas de Mata Atlântica

 

  • Locais de difícil acesso que não foram explorados como as grandes planícies.

 

  • Cobria todo litoral

 

  • Originariamente ocupava 13% de todo território nacional

 

  • Por ser costeira foi a primeira dizimada

 

  • Floresta tropical

 

  • Diversidade rica

 

  • Maior risco do que a Floresta Amazônica

 

  • Hoje resta de 8 a 12%

 

  • Preservado em unidades de conservação

 

  • Depende de chuva – a chuva depende da floresta

 

  • Mata de solo pobre, depende das folhas que caem

 

  • Processo de conversão pessoal e social

 

Resgate da cultura indígena volta a ocorrer

 

Pau-brasil praticamente extinto desde a colonização e na atual exploração

 

Especulação imobiliária

 

 Agronegócio

 

§  Agrotóxicos são problemas para todos os ecossistemas

 

o   Corte legal de árvores

 

o   Turismo de segunda residência (todo mundo quer ter uma casa perto da mata)

 

  • Restinga

 

  • Mata Atlântica das partes mais planas

 

  • Região mais afetada na construção

 

  • Proibido construir a 300m da praia

 

  • Não foi o mar que invadiu, fomos nós que invadimos

 

 

 

  • Manguezais

 

  • Milhões de pessoas vivem da pesca

 

  • Filtra os nutrientes

 

  • Pela nossa lei é bem da União, é área de proteção permanente

 

  • Praias e Costões

 

Ocupadas, cercadas, asfaltadas

 

Depósitos de lixo

 

Encostas invadidas

 

Lei de resíduos ainda pouco respeitada

 

Lei de crime ambiental pouco respeitada

 

Lei de Gerenciamento costeiro 7661/88

 

Política Nacional de Gerenciamento Costeiro

 

Não existe conflito entre economia e ecologia (Ekos, oikos = casa)

 

Gastamos mais do que a capacidade de recuperação desses recursos

 

Gastamos mais do que conseguimos recuperar

 

Economia ecológica, economia ambiental

 

Biodiversidade

 

Genética

 

Espécies

 

Ecossistemas

 

Eco 92

 

Assinadas 3 Convenções

 

Biodiversidade

 

Desertificação

 

Mudanças Climáticas

 

Meta do Brasil, que é signatário, não está atingida.

 

Temos no Brasil o Tráfico de Fauna Silvestre

 

Em cada 10 animais traficados, 9 morrem no transporte

 

São Paulo é o grande consumidor

 

Tão lucrativo quanto o tráfico de armas e drogas

 

Natureza é vista como fonte de recursos e depósito de resíduos

 

Sustentabilidade – atender as necessidades presente sem comprometer as gerações futuras

 

Ações sustentáveis

 

Governo

 

Empresas

 

Sociedade civil

 

Qualidade de vida é confundida com capacidade de consumo

 

Formas de nos religarmos com a natureza

 

Ecoturismo é uma forma de educação ambiental muito grande

 

Sistemas agroflorestais – produzir em pequena escala e equilíbrio ambiental

 

Recuperação de áreas degradadas

 

Áreas verdes humanas

 

Telhado verde

 

Muro verde

 

Hortas urbanas

 

Projeto Rotas da Mata Atlântica

 

o   9 cidades integradas

 

o   resgate das plantas nativas da mata atlântica (pupunha, pitanga, jabuticaba, goiaba, gabiroba, araçá, Cambuci)

 

Agir

 

Evitar produtos que causam impacto ambiental

 

Compro da agricultura local ou da rede internacional

 

Uso com agrotóxico ou sem?

 

Compro de uma empresa que tem sustentabilidade ou não?

 

Usar produtos com menos embalagem!

 

De onde vem o produto dessa empresa?

 

Somos gota d’água pura ou poluída?

 

Gabriel Estevam Domingos

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

www.gedinovaçao.com.br 

 

Importância da Igreja nesse papel educador e difusor de cuidado ambiental

 

Aplicativo Carbon Z - recuperação de áreas degradadas

 

o   Cálculo da pegada de carbono (indivíduo, indústria e evento)

 

Grandes eventos – ação sustentável

 

Áreas verdes nas Escolas, hortaliças a serem incorporadas às merendas

 

Composteiras nas escolas

 

Fertilizante orgânico gerado nas composteiras

 

Mutirões dos manguezais (limpeza das áreas)

 

Hortas verticais

 

Reflorestamento de áreas degradadas

 

Mutirão das praças – jardinagem e plantação

 

Mutirão das escadarias (grafite, bancos ecológicos)

 

Work shop de grafite e botânica

 

Curso de qualificação para jovens

 

Mutirão de reflorestamento da Cantareira

 

Preservar as matas ciliares

 

Grupo SP1

 

Quais os biomas?

 

Mata Atlântica (Jaraguá, Cantareira e Pq. Trianom)

 

Cerrado já existiu e não tem mais

 

Como motivar?

 

Conversar e conversar o clero sobre a importância da temática

 

Mostrar o que tinha e o que sobrou

 

Trazer um especialista para analisar a realidade da cidade

 

Ações locais para envolver a comunidade

 

Ações de pressão ao Poder Público

 

Ação conjunta em continuidade à CF 2016 (saneamento – Córregos)

 

Revitalizar a Pastoral da Ecologia

 

 

JULGAR

 

Pe. Frizzo

 

 

 

Raiz negra

 

Recuperou o histórico das campanhas

 

Bíblia fala em natureza

 

Mundo criado por Deus

 

Somos criaturas

 

Gn 2 relatos – ser humano para proteger e guardar o jardim

 

Rondônia – Estado que mais desmata no Brasil

 

Bento XVI

 

Papa Verde – Caritas in Veritate

 

Somos um pouco de Eva e Adão

 

Paulo VI

 

Octogesima advenins

 

João Paulo II

 

Ecologia e ética

 

Francisco

 

Cuidar do pobre

 

Cuidar da natureza

 

Ecologia integral

 

Casa Comum – economia, ecologia e ecumenismo                       

 

Laudato Si

 

Cultivar é guardar, proteger

 

Projeto de trabalho

 

Interdependência das criaturas

 

Obras de midericórdia

 

Apocalipse

 

ü  Revelar – tirar o véu

 

ü  Revelar as 7 igrejas com Jesus

 

ü  Mulher grávida x dragão = bem e mal

 

ü  Texto altamente revolucionário

 

16 obras de misericórdia (Papa Francisco incluiu 2 – 1º. Setembro 2016)

 

Papa propõe nova obra de misericórdia: o cuidado com a casa comum

 

Clique aqui

 

ü  As obras de misericórdia corporais são:

 

ü  1ª Dar de comer a quem tem fome;

 

ü  2ª Dar de beber a quem tem sede;

 

ü  3ª Vestir os nus;

 

ü  4ª Dar pousada aos peregrinos;

 

ü  5ª Assistir aos enfermos;

 

ü  6ª Visitar os presos;

 

ü  7ª Enterrar os mortos.

 

ü  Como obra de misericórdia corporal, o cuidado da casa comum requer aqueles 'simples gestos quotidianos, pelos quais quebramos a lógica da violência, da exploração, do egoísmo' e se manifesta o amor 'em todas as ações que procuram construir um mundo melhor'”.

 

   

 

ü  As obras de misericórdia espirituais são:

 

ü  1ª Dar bom conselho;

 

ü  2ª Ensinar os ignorantes;

 

ü  3ª Corrigir os que erram;

 

ü  4ª Consolar os aflitos;

 

ü  5ª Perdoar as injúrias;

 

ü  6ª Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo;

 

ü  7ª Rogar a Deus por vivos e defuntos.

 

"Como obra de misericórdia espiritual, o cuidado da casa comum requer 'a grata contemplação do mundo', que 'nos permite descobrir qualquer ensinamento que Deus quer nos transmitir por meio de cada coisa'.

 

Diálogo Ecumênico

 

Fórum das Pastorais Sociais

 

Nota da Comissão para a Caridade, Justiça e Paz

 

PEC 241 vídeo O que é a PEC 241 a PEC da morte

 

 

 

 

AGIR

 

Assessor Gilberto Vizago

 

 

 

 

Cuidado e cultivo dos biomas

 

Respeito aos povos originárias

 

Denunciar  o desmatamento

 

Consolidação do Plano Municipal de Saneamento Básico

 

Recuperação dos rios

 

Potencializar a reciclagem

 

Combate à corrupção com transparência nos processos licitatórios

 

Preservar

 

Participação nos Conselhos Paritários

 

Plenária do Agir

 

Recuperação dos biomas locais

 

Cobrar do poder publico

 

Educação e incentivo à produção agroecológica

 

Recuperar as nascentes

 

SP1

 

Apoiar e fomentar o MICC Movimento de Integração Campo Cidade

 

Apoiar o assentamento Ir. Alberta em Perus

 

Conscientizar e incentivar o plantio de plantas nativas

 

Motivar o diálogo com o Poder Publico

 

Incentivar a participação nos Conselhos Paritários e Conselhos de Parques

 

Motivar a inclusão de Saneamento Básico no Plano de Metas da próxima gestão

 

Incentivar a tramitação de projetos de tramitação ambiental

 

Buscar Políticas Públicas

 

Acompanhar o Plano Diretor

 

Conversar com o clero sobre a importância da temática

 

Mostrar o que tinha e o que sobrou

 

Trazer um especialista para analisar a realidade da cidade

 

Ações locais para envolver a comunidade

 

Ações de pressão ao Poder Público

 

Ação conjunta em continuidade à CF 2016 (saneamento – Córregos)

 

Revitalizar a Pastoral da Ecologia

 

Fortalecer as datas comemorativas (dia da árvore, dia do cerrado e outras)

 

Celebrar as conquistas

 

Fechamento Ingrid e Gabriel

 

Base do ambientalismo, amar ao outro, aquele que não é igual!

 

A questão ambiental é um conceito político muito forte

 

Questiona como nos apropriarmos do recurso.

 

o   Precisamos consumir tanto?

 

o   Acumular tanto?

 

Ser solidário é viver em dignidade com o mínimo, só tirar o que é necessário.

 

Respeito com todos os elos

 

Mudar de cultura de nossa sociedade de que o capital é o bem maior.

 

Contemplar a natureza

 

Acionar o Ministério Público para as empresas que desrespeitam o meio ambiente

 

Enfrentar aos agronegócios/agrotóxicos que estão sendo chamados de “defensivos agrícolas”

 

Mata-mato é agrotóxico e é proibido em área urbana.

 

O momento é estratégico quanto à Política Nacional de Resíduos Sólidos, precisamos denunciar quem não cumpre.

 

Prestigiar as iniciativas que deram certo

 

Cuidar do meio ambiente é questão de cidadania

 

Privilegiar ações com o Público Jovem

 

Moramos no único país do mundo que tem o nome de árvore e está ameaçada

 

Devolutivas sobre o Ver

 

Márcia – Diocese de Santos

 

Dialogo com parlamentares

 

Pesquisa do texto base na região – p.54

 

Superintendente da Sabesp / Eng. Ambiental

 

Comissão diocesana

 

Trata Brasil

 

Encontro ecumênico

 

Audiência com universidade, sabesp e Igreja

 

5 requerimentos encaminhados ao prefeito

 

Lei lançamento da CF na Câmara Municipal

 

Prof. Mauro (Diocese de Franca)

 

Cuidado com o óleo de cozinha

 

Visita da equipe da CF em cada Paróquia

 

Etiquetas em garrafas PET para armazenamento de óleo

 

Sabão produzido sem óleo e sem soda

 

Prof. Waldir (Ermelino Matarazzo)

 

Diagnóstico do Tietê

 

 

 

Prof. Nicola Martorano (USP)

 

Reciclagem

 

oferta nacional

 

Água 90% oferta nacional

 

Saneamento 40%

 

Interesse fortíssimo da Coca-cola e na Nestlé em privatizar o aquífero guarani

 

Água

 

o   70% Agricultura (água que entra contaminada nos aquíferos

 

o   20% indústria (contamina)

 

o   10% consumo humano

 

Desenvolveu tecnologia para limpeza da água em um contêiner:

 


http://prezi.com/cs8n2aju8ljh/?utm_campaign=share&utm_medium=copy

 

Apresentação de 3 jovens profissionais da área ambiental sobre formas de atuação.

 

 

Avaliação CF 2017

 

26 a 28 de maio de 2017

 

 

 

Apresentação CF 2018

 

27 a 29 de outubro de 2018

 

CF 2018

 

Drogadição e violência

 

 

 

Relatório realizado por Márcia Mathias de Castro

 

Fonte: Artigo publicado em nosso site diretamente pela autora. Mantida sua formatação original. 

 

Márcia M. de Castro

Márcia M. de Castro
Márcia Mathias de Castro é fonoaudióloga, membro da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e Coordenadora da Escola de Fé e Política Waldemar Rossi (RE Belém). Também é colaboradora da Rádio 9 de Julho (AM 1.600 KHz - SP), participou da Escola de Governo e do Movimento de Integração Campo Cidade (MICC).