PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 49 visitantes e Nenhum membro online

Semana de Fé e Política 2013 - Protagonismo da Juventude

A segunda noite da Semana de Fé e Política 2013 - Juventude, Cultura e Espiritualidade ocorreu ontem no Centro Pastoral São José do Belém com cerca de 60 participantes, dentre estes um significativo grupo jovem.  O encontro foi apresentado pelo Dyego (Pastoral da Juventude) que abriu a noite convidando para a Mística a partir do Evangelho do dia Joio e o trigo - Mt 13,36-43 foi motivada pela Cleide Giusti que é assessora do Centro de Estudos Bíblicos, o CEBI 

Após a leitura do texto em apresentação de imagens, Cleide a partir da metodologia de leitura popular da Bíblia utilizada pelo CEBI indagou:

Qual a frase que te marcou?

Em seguida:

Qual a palavra que te marcou?

A partir das manifestações dos presentes ela foi promovendo a compreensão do texto bíblico e o contexto em que foi escrito. O evangelista Mateus escreveu à comunidade de judeus que se achavam o povo eleito e superior aos demais. A partir daí buscando em conjunto entender o pretexto. Qual o rosto de Deus que aparece no texto?

Jesus não quer a discriminação entre os povos, todos somos iguais. O rosto é de um Deus que tem compaixão, cuidado, misericórdia e amor.

A própria mística foi um exemplo da leitura com a metodologia do CEBI que não é fundamentalista, ou seja, o texto bíblico não é para ser lido ao "pé da letra". Alertou que não devemos pinçar um versículo e a partir deste achar que esta entendendo a Palavra de Deus. É necessário ler todo o texto.

Alertou que a leitura também não deve ser historicista, que se aprofunda no contexto, sem fazer conexão com a vida do povo nos dias de hoje. A Palavra de Deus ilumina a realidade.

Sendo assim a proposta envolve a leitura libertadora da Palavra de Deus

  • Ler o texto,
  • Conhecer o contexto,
  • Procurar o pretexto.
  • Orar
  • Silenciar,
  • Contemplar a mensagem na realidade da vida, em suas diversas dimensões (pessoal, familiar, comunitária, profissional, econômica, social, política…).

Em seguida os jovens interpretaram o poema "Pra não dizer que não falei de Juventude" (Juliano André Romitti Fleck - Ijuí - RS):

 

Onde foram os jovens que enfrentam canhões?

Onde foi a música que arrastou multidões?

Onde foi o sonho de o mundo mudar?

Será que todos eles pararam de sonhar?

Tinham tantos sonhos, muito brilho no olhar

Não tinham medo de a vida entregar

Em todas as partes estavam aos milhões

Era nas escolas, campos, construções...

Quem roubou o sonho e a esperança?

Quem matou a verdade de nossas crianças?

Quem usou da mídia pra enganar?

Quem te contou que os jovens pararam de lutar?

Onde foram os jovens que pintaram a cara?

Onde estão aqueles que provaram o pau de arara?

Onde foi aquele grito forte de tanta dor?

Não podemos parar, gritem por favor!

Falta muita luta, muita busca, muita dor

Ainda não estamos vivendo...

Ainda não estamos vivendo...

Ainda não estamos vivendo...

Na civilização do amor…

 

Em seguida, o jovem Rodrigo Amaral Gomes, que é Coordenador da Pastoral da Juventude da Arquidiocese de São Paulo, desenvolveu o tema Protagonismo da Juventude em uma exposição dialogada da ação da Pastoral da Juventude (PJ) com os participantes da Semana.

Apresentou o Doc. 85 da CNBB Evangelização da juventude: desafios e perspectivas pastorais.

Refletiu o protagonismo juvenil com o jovem sujeito da ação transformadora em todos os espaços, nele mesmo, na família, na comunidade, no trabalho, na politica, enfim onde ele estiver. A apresentação encontra-se disponível aqui.

Rodrigo apresentou uma retrospectiva das atividades desenvolvidas pela Pastoral da Juventude e convidou os presentes para as próximas atividades.

Destacou o Observatório da Juventude, um canal de denúncia e de monitoramento da violência com sede no Centro Pastoral São José do Belém, Av. Álvaro Ramos, 366 - fone: 2693-0287 ramal 228 - e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Apresentou a posição da PJ Contra a Redução da Maioridade Penal a partir da Palavra de Deus, a favor da vida e apresentou o folheto da Casa da Juventude sobre

10 DAS 1000 RAZÕES PARA DIZER NÃO À REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Abriu então para perguntas dos participantes que envolveram

  • O espaço ao protagonismo juvenil na Igreja,
  • Nossa ação cristã em vista da discussão sobre a Redução da Maioridade Penal,
  • As políticas públicas para a juventude,
  • Como ser protagonista na sociedade de consumo? entre outros.

O tema da Redução teve participantes do encontro contra e a favor da redução o que enriqueceu o debate sobre a temática que foi iluminado pela fala de diversos presentes e debate que permancece aberto e que não se esgota nessa discussão, mas precisa ser multiplicado nas comunidades.

Como ação concreta foi retomado o Abaixo-assinado da Proposta de Emenda Constitucional (PEC)Máximo dois Mandatos para parlamentares (M2M) apresentado na noite anterior.

A Subprefeita Dillian Guimarães da Sub Aricanduva estava presente e explicou o #PapoRetoSP que  é  um espaço permanente para apresentação das demandas juvenis e construção de um diagnóstico participativo. O encontro presencial será em 03/08 às 14:00h. Pedimos que ela explicasse brevemente também o lançamento do Conselho Participativo Municipal em 1º de agosto de 2013, a partir das 9h no Hall de Entrada da Prefeitura de São Paulo, Viaduto do Chá, 15, Centro de São Paulo. Nas Audiências Devolutivas do Programa de Metas nas subprefeituras em 17 a 24/08 será eleita a comissão eleitoral e em 08/12 a eleição conselheiros, com no mínimo 5 por distrito, a cada 10.000 habitantes elege 1 representante e para ser candidato precisa ter 100 apoios, indicando a representação da comunidade.  Esses informes podem ter modificações e devem ser verificados na publicação oficial a partir do lançamento.

A equipe de Coordenação convida como continuidade da Semana de Fé e Política grupos de reflexão em o material de preparo ao 9º ENCONTRO NACIONAL FÉ E POLÍTICA Cultura do Bem Viver: partilha e poder que vai ocorrer em 15 a 17/11/2013 - Brasília/DF. O preparo envolve grupos e comunidades reunidos em sete roteiros de encontros com a Cartilha dos Círculos Bíblicos preparados por Frei Carlos Mesters e Francisco Orofino (Informações no site: www.fepolitica.org.br). Bem como um Encontro celebrativo em nível regional dia 09/11/2013 às 9:00 no Centro Pastoral São José do Belém em preparo para o Encontro Nacional . As cartilhas estão disponíveis no evento.

O evento foi encerrado com um uma chamada para o dia de hoje que vai discutir  

Justiça e Profetismo nas CEBs. Venha você também participar conosco!

 

Fonte: O texto foi enviado diretamente pela autora

Márcia M. de Castro

Márcia M. de Castro
Márcia Mathias de Castro é fonoaudióloga, membro da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e Coordenadora da Escola de Fé e Política Waldemar Rossi (RE Belém). Também é colaboradora da Rádio 9 de Julho (AM 1.600 KHz - SP), participou da Escola de Governo e do Movimento de Integração Campo Cidade (MICC).