PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 207 visitantes e Nenhum membro online

Aquele Sonho Bom

(Este poema) foi "provocado" pelo esperançar, de Paulo  Freire, juntamente com a lembrança de um antigo livro de Carlos Mesters, "Paraíso terrestre: saudade ou esperança?", em que ele lembra que é tarefa nossa construir o Paraíso que é colocado no início do Gênesis.

Com esse empenho é que se vai concretizando o nosso realizar-nos como imagem e semelhança do Deus Uno e Trino.

Um grande abraço para todos.

Thomaz

 

Aquele sonho bom, de Paraíso,
plantado nas origens do meu ser,
mantendo o olhar de Deus e o seu sorriso,
o espaço do acolher e do entender,
é a senha pra um suor sem improviso.

O sonho dita o rumo dos meus passos
e a planta que me cabe obedecer,
se quero ver concretos os seus traços
no tempo dos meus dias de crescer:
tarefa pro suor que quer abraços!

O sonho é o desafio do que diviso
lá longe, convocando aqui meus braços!

 

 

 

 

Fonte: Este artigo nos foi enviado diretamente pelo autor.

J. Thomaz Filho

J. Thomaz Filho
J. Thomaz Filho é escritor, poeta, compositor e também letrista, parceiro de Frei Fabreti em dezenas de músicas litúrgicas, entre elas "Imaculada", "O Amor de Deus", "Grande é o Senhor", "Cantando a Beleza da Vida", "Venham Comigo" e "Vejam". Atuou por mais de dez anos no Colégio Santa Catarina (Petrópolis/RJ) lecionando ética. Trabalha junto a grupos de reflexão bíblica e formação cristã. Foi agraciado com o prêmio "Poesia e Liberdade" pelo Centro Alceu Amoroso Lima (2010). Para falar com J. Thomaz Filho, utilize nosso formulário de contato.