PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 49 visitantes e Nenhum membro online

Não Chorem

J. Thomaz Filho nos envia mais um poema para reflexão nesse Dia de Finados (2 de novembro de 2012), em que lembramos mais intensamente dos nossos parentes e amigos que já nos deixaram para se unirem a Comunhão de Deus: "Prossigam a viagem, sem receio, entendam que o caminho é para o lar..."

Não chorem, pois não é para chorar,
se for por desconsolo ou por tristeza.
Mas chorem, se a saudade se apressar:
sim, ela põe razões na nossa mesa.

Se for por desconsolo ou por tristeza,
é bom reconhecer que estou em paz.
Sim, ela põe razões na nossa mesa,
dizendo: “Não existe um ‘aqui jaz’!”

É bom reconhecer que estou em paz:
cheguei à própria fonte da esperança,
dizendo: “Não existe um ‘aqui jaz’!”
Confirmo que este eterno não me cansa.

Cheguei à própria fonte da esperança!
Ninguém perdeu ninguém, é a comunhão!
Confirmo que este eterno não me cansa,
só fiz o desembarque na estação!

Ninguém perdeu ninguém, é a comunhão!
Se as fotos se apagarem, mais à frente
- só fiz o desembarque na estação! -,
digitem numa estrela o remetente.

Se as fotos se apagarem, mais à frente,
prossigam a viagem, sem receio;
digitem numa estrela o remetente,
que a vida é sempre luz, não devaneio.

Prossigam a viagem, sem receio,
entendam que o caminho é para o lar,
que a vida é sempre luz, não devaneio!
Não chorem, pois não é para chorar!

 

finados-02

 

FONTE: O Artigo de J. Thomaz Filho nos foi enviado diretamente pelo autor.

 

J. Thomaz Filho

J. Thomaz Filho
J. Thomaz Filho é escritor, poeta, compositor e também letrista, parceiro de Frei Fabreti em dezenas de músicas litúrgicas, entre elas "Imaculada", "O Amor de Deus", "Grande é o Senhor", "Cantando a Beleza da Vida", "Venham Comigo" e "Vejam". Atuou por mais de dez anos no Colégio Santa Catarina (Petrópolis/RJ) lecionando ética. Trabalha junto a grupos de reflexão bíblica e formação cristã. Foi agraciado com o prêmio "Poesia e Liberdade" pelo Centro Alceu Amoroso Lima (2010). Para falar com J. Thomaz Filho, utilize nosso formulário de contato.