PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 62 visitantes e Nenhum membro online

Movimento de Integração Campo Cidade

Estamos no tempo do Advento, o novo ano litúrgico já começou e estamos preparando a festa da chegada do Menino Jesus. Festa em louvor a Deus que, por imenso amor, vem ao encontro dos homens e se encarna. Este mistério da encarnação se faz presente cada vez que vamos de encontro aos nossos irmãos. Nesse sentido quero destacar o trabalho do Movimento de Integração Campo Cidade, mais conhecido como MICC. Um movimento que busca aproximar os assentados e os pequenos produtores do campo, com as comunidades da cidade. Incentiva e apoia aos produtores que trabalham sem o uso do agrotóxico.

Sabemos o quanto é difícil as famílias permanecerem no campo, uma vez que as dificuldades são inúmeras. Como resposta a esta situação o MICC, desde 1986, atua na parceria campo-cidade. Trazendo os produtos diretamente do pequeno produtor do campo para as famílias da cidade. Esse trabalho é um gesto concreto que está vinculado à diversas campanhas da fraternidade como aquelas que abordaram as temáticas da Terra (1985), da Vida em dignidade (1984, 2008), a Saúde (1981), as Migrações (1980), o Meio Ambiente (1979, 2004, 2007, 2011), o Trabalho (1978, 1999),a Economia (2010), a Violência e a paz (2000, 2005, 2009).

Além de colaborar com a permanência das famílias do campo em dignidade, incentivar a agricultura familiar, a organização popular, a formação de lideranças e a reforma agrária. O MICC busca promover nas comunidades o debate sobre o consumo consciente, o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente. Oferece cursos de alimentação natural e envolve uma rede de muitos voluntários nas comunidades e na coordenação.

Este grupo que acompanha de perto as dificuldades das famílias do campo teve, há 20 anos, a iniciativa de realizar a Festa das Crianças do Campo. Eles fazem o levantamento de quais são as crianças até 12 anos dos assentamentos e pedem que as comunidades da cidade entreguem brinquedos usados em boas condições de uso. Uma das pessoas voluntárias, a D. Helena, recolhe esses brinquedos, lava, penteia, põe roupinha nova, substitui as rodas quebradas dos carrinhos e embala para presente esses brinquedos doados. Depois seleciona, junto com seus familiares e amigos, qual brinquedo cada criança irá receber, conforme o sexo e a idade.

Ela dedica seu tempo para lavar, recuperar e embalar alegria para as crianças. Estou me referindo a uma ação voluntária que acontece 20 anos! Seria muito mais fácil pedir dinheiro e comprar tudo novo. Mas essa família, se dedica a recolher, reciclar, consertar, reaproveitar e não desperdiçar. Não pensem que as crianças recebem presentes sujos e feios, eles ficam lindos e com aparência de novos.

No 1o. domingo de dezembro acontece a Festa das crianças em Iperó. As famílias participam de uma breve celebração ecumênica, agradecem o dom da vida e da partilha. Depois as crianças, anteriormente cadastradas, recebem o seu brinquedo e um saquinho de doces. Para muitas delas será o único presente de Natal. Muitas já participaram dos anos anteriores e esperam com grande alegria e ansiedade o brinquedo e falam que os brinquedos que têm, receberam do MICC. Em seguida um lanche é oferecido, lanche este doado e preparado por pessoas de Boa Vontade. Neste ano mais de 400 crianças foram contempladas. Nos dois últimos anos, novos colaboradores permitiram que a festa ficasse mais divertida e proporcionaram o aluguel de pula-pula, cama elástica e piscina de bolinhas. Se você quiser conhecer melhor o trabalho do MICC, visite o site http://micc.org.br.

Quis trazer esta bela ação cristã deste grupo de integração campo-cidade para enfatizar as palavras de Jesus: Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes. (São Mateus 25, 40).

 

Fonte: Programa exibido na Rádio 9 de Julho no Programa Igreja em Notícia no dia 13/12/2013. Reproduzido aqui com autorização da autora.

Márcia M. de Castro

Márcia M. de Castro
Márcia Mathias de Castro é fonoaudióloga, membro da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo e Coordenadora da Escola de Fé e Política Waldemar Rossi (RE Belém). Também é colaboradora da Rádio 9 de Julho (AM 1.600 KHz - SP), participou da Escola de Governo e do Movimento de Integração Campo Cidade (MICC).