PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 54 visitantes e Nenhum membro online

A Surpresa da Ceia

A ceia preparava uma surpresa.
Seguira o ritual mas, de repente,
o novo se instaurou e aquela mesa
jamais foi esquecida, minha gente!

O Mestre pronuncia sua fala
tomando o pão e o vinho em suas mãos:
que luz pra caminhada, em toda a escala!
Que nobre desafio para os irmãos!

"Pois isto sou eu mesmo, alimentai-vos!"
A ceia quer a vida celebrar!
"Tal qual eu vos amei, também amai-vos!"
A ceia quer a vida alimentar!

O Mestre se revela em denso gesto:
em vinho e pão resume o seu carinho.
O Mestre nos garante todo o resto:
em água e toalha aponta o bom caminho.

Pois ele foi sustento a cada passo:
tomou com mãos de mãe toda a esperança!
Pois sempre foi serviço, um grande abraço:
dar força aos afligidos não o cansa!

E agora, nesta ceia, deixa claro:
não tece rituais, tece conduta,
mas não arreda pé do que lhe é caro,
pois sabe o que o Pai quer, mantém-se à escuta.

Seu modo irrita muita autoridade.
Não volta um passo atrás, é manso e firme,
e assim exerce a sua liberdade:
"Eu cumpro o que Deus quer! Vindes punir-me?"

O Mestre teme a cruz, mas não recua.
O Pai quer um sinal frente ao poder
que impinge o que lhe sobra, a morte crua.
O Mestre sua sangue e sabe crer.

O Mestre não desdiz os passos seus:
palavras de perdão inda ressoam...
Parece que o fracasso foi de Deus...
E assim as causas nobres sempre escoam.

O Pai não foi traído, desta vez!
Mas fica sem abrigo esse perdão?
Engano, o Pai contou só um, dois, três,
e o Filho abraça o Pai: ressurreição!

 

santa-ceia-01

 

 

FONTE: O Artigo de J. Thomaz Filho nos foi enviado diretamente pelo autor.

 

J. Thomaz Filho

J. Thomaz Filho
J. Thomaz Filho é escritor, poeta, compositor e também letrista, parceiro de Frei Fabreti em dezenas de músicas litúrgicas, entre elas "Imaculada", "O Amor de Deus", "Grande é o Senhor", "Cantando a Beleza da Vida", "Venham Comigo" e "Vejam". Atuou por mais de dez anos no Colégio Santa Catarina (Petrópolis/RJ) lecionando ética. Trabalha junto a grupos de reflexão bíblica e formação cristã. Foi agraciado com o prêmio "Poesia e Liberdade" pelo Centro Alceu Amoroso Lima (2010). Para falar com J. Thomaz Filho, utilize nosso formulário de contato.