PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 59 visitantes e Nenhum membro online

Escola de Fé e Política Waldemar Rossi

O TESOURO: Mt. 6,19-23

Em uma época como a nossa, dominada por um sistema social que tenta privar as pessoas das
suas profundas convicções e lançar a todos num descrédito sobre tudo e sobre todos, é bom
escutar novamente o recado de Jesus: “ o tesouro de cada um está no coração e que a pessoa
se desenvolve ou não de acordo com o objeto do seu desejo mais profundo”. O evangelista
Mateus nos ajuda a meditar sobre esse ensinamento de Jesus.

 

Mt.6, 19-21: “Não ajuntem para vocês riquezas na terra, onde traça e ferrugem corroem, e
onde ladrões arrombam e roubam. Ajuntem sim para vocês riquezas no céu, onde nem traça
nem ferrugem corroem, e onde ladrões não arrombam nem roubam. Porque onde está o seu
tesouro, aí também estará o seu coração”

Ajuntar tesouros no céu significa saber onde coloco o fundamento da minha existência. Se
coloco nos bens materiais, sempre corro o perigo de perder o que acumulei. Se coloco o
fundamento em Deus, ninguém vai poder destruí-lo e terei liberdade interior de partilhar com
os outros os bens que possuo.

Para que isto seja possível e viável, é importante que se crie uma convivência comunitária que
favoreça a partilha e a ajuda mútua, e na qual a maior riqueza ou tesouro não é a riqueza, mas
sim a riqueza ou o tesouro da convivência fraterna nascida a partir da certeza trazida por Jesus
de que Deus é Pai de todos.

Mt.6,22-23: “ A lâmpada do corpo é o olho. Portanto, se o seu olho for bom, seu corpo inteiro
ficará iluminado. Porém, se o seu olho for ruim, seu corpo inteiro ficará escuro. E se a luz que
existe em você é escuridão, quão grande será a escuridão mesma!

Uma das doenças do nosso tempo é a de se fechar sobre si mesma e sobre os seus bens e
confiar só neles. É a doença da mesquinhez! Quem olha a vida dessa forma vive na
desconfiança, na tristeza e na escuridão.

Colocando o fundamento em Deus, o olhar se torna luminoso, pois faz nascer a partilha e a
fraternidade. Um olho bom é aquele que reflete a vontade de Deus acolhida no coração para
que o caminho seja iluminado.

Para pensar: É fundamental saber onde se encontra o coração, a sede das decisões humanas.
Está focado nos valores propostos pela sociedade? Ou é sensível à justiça de Deus? Tenho luz
no meu coração? Ilumina alguém?