PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 41 visitantes e Nenhum membro online

Artigos

DE PLENA MEMÓRIA

Creio em Deus Filho de plena memória:
sempre espalhando as raízes da paz,
vem, interfere nos rumos da história
com gesto novo, serviço capaz
de reerguer o empurrado pra escória.

Creio em Deus Filho de plena firmeza,
de passos novos, de olhar sempre audaz:
à consciência propõe a clareza,
a liberdade convoca ao veraz,
pra que a justiça vigore coesa.

Lavando os pés – chama isso de glória! –,
é refeição a nutrir nossa mesa!


J. Thomaz Filho

MULTIPLICAI MEUS GESTOS

Creio em Deus Filho vivendo entre nós,
um com o Pai e o Espírito Santo.
Nada de Reino deixado pro após:
“Há de cobrir deste chão todo canto!
Ide, levai às nações minha voz!

Multiplicai sem temor os meus gestos:
aos empurrados ao vil desencanto,
fazei-os ver: não são sobras nem restos.
Dai-lhes de volta a esperança, portanto.
Deles é o Reino, notai, sede honestos!”

Ah! se opuseram com trama feroz...
Mas foi fiel, não cedeu aos molestos.

J. Thomaz Filho

NÃO CALARAM MARIELE

Os tiros que calaram Mariele
ressoam nos ouvidos do País.
Vêm dor e indignação à flor da pele,
perplexas, pois o fato contradiz
o sonho – paz e bem! – que nos impele.

A nossa vereadora lá do Rio
foi voz a denunciar os gesto vis
do crime, e da polícia que faliu;
queria respeitados os civis
e todo cidadão deste Brasil.

Mariele está presente e nos compele:
manter a mesma voz e o mesmo brio!

J. Thomaz Filho

Jo.7,1-2.10.25- 30= A PESSOA DE JESUS.

João descreve a confusão que havia no meio do povo a respeito da pessoa de Jesus.

Hoje também há muita discussão sobre religião, e cada um tira os seus argumentos da
Sagrada Escritura. Nesta discussão, acontece muitas vezes que os mais pobres são
enganados pelos poderosos e às vezes até pelo pessoal das igrejas.

Jo.7,1-2.10 Depois disso, Jesus saiu andando pela Galileia. Ele não queria andar pela
Judeia, porque os judeus pretendiam matá-lo. Mas estava próxima a festa judaica
das Tendas. Depois que seus irmãos subiram para a festa, então ele também subiu;
não publicamente, mas às escondidas.

Leia mais...

Ó mulher!

Depois de desarmar o preconceito,
tomando o espaço inteiro como nosso
– dizer que ele é só meu é desrespeito! –,
entendo que tu podes quanto posso.
Assim, nós dois crescemos no direito!

Verdade! Não perdi, como pensara!
Tu vens com teu vigor e me remoço,
tu vens com teu lidar que tudo ampara
e assim trazes surpresas que eu endosso.
Tu vens com teu olhar que tudo aclara!

Desbanca a prepotência que em meu peito
ainda tem resquícios, vil e avara.

J. Thomaz Filho

RESUMO DA LEI: Mc.12,28-34

No texto do evangelho, o doutor da Lei, responsável pelo ensino religioso da época
quer saber de Jesus qual seria o mandamento maior. Jesus dá a resposta. Muita gente
também em nossos dias questiona: O que é mais importante na catequese?

Leia mais...

ANO A ANO

O tempo, ano a ano, nos ensina:
quem diz “cheguei ao fim” está no início!
No fim da gestação a mão divina
garante-nos a luz, tempo propício
pra virmos enxergar mais que neblina!

E vêm as estações, nos maturando.
De quatro em quatro delas – nosso ofício
é tudo cultivar! – vamos cantando
singelos parabéns, que são o indício
de estarmos preparados pra ir somando.

Até que assim nos chegue a última esquina:
e então é o grande abraço, o eterno quando!

Subcategorias

Coordenadora da Pastoral Fé e Política ASP

Cardeal Arcebisbo de São Paulo

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Colaborador da Pastoral Fé e Política ASP

Artigos de Isabel C. Rodrigues

Colaborador da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política ASP

Colaborador da Pastoral Fé e Política ASP

Membro da Pastoral Fé e Política de Jundiaí

Coordenador da Pastoral Operária ASP

Artigos de autores diversos selecionados pela PFP ASP