PASTORAL FÉ E POLÍTICA

Arquidiocese de São Paulo

ptarzh-CNenfrdehiitjarues

Temos 56 visitantes e Nenhum membro online

Marcha Contra a Corrupção

Vocês conhecem ou já ouviram falar dos municípios Pio IX, Fronteiras, São Julião, Alagoinha, Monsenhor Hipólito, Francisco Santos, Santo Antônio de Lisboa, Bocaina, Sussuapara e Picos?

Certamente, se o amigo, a amiga veio do Piauí.

marcha-01Desde o dia 13 de julho próximo passado, acontece nesses municípios a 10ª Marcha Contra a Corrupção e pela Vida que saiu de Teresina e, caminhando a pé em direção ao município de Pio IX, percorrerá até seu final cento e noventa e quatro quilômetros. Os marchantes formam um grupo de 20 pessoas: são estudantes, professores, trabalhadores rurais, donas de casa de Teresina.

Este número aumenta com a adesão de moradores das cidades aonde chega a Marcha, recebendo o apoio de representantes dos sindicatos, igrejas e outras entidades da cidade, além de companheiros vindos do Maranhão, Ceará, Bahia e Distrito Federal.

Este ano, a 10ª Marcha contra a Corrupção e pela Vida vai fiscalizar a aplicação de mais de 21 milhões de reais enviados, por meio de convênios com o Governo Federal, para os municípios que fazem parte do percurso da Marcha, localizados em região muito pobre, e por isso, mesmo mais vulneráveis a prática da corrupção.

A Força Tarefa Popular, organizadora da marcha, de posse de relatórios da Advocacia Geral da União, AGU, está com um levantamento de obras e serviços desenvolvidos pelas prefeituras nos municípios percorridos.

Segundo Arimatéia Dantas, advogado e um dos idealizadores da Marcha: "Quando chegamos mo município a gente verifica como está o andamento de obras, se foram realizadas, se estão paradas e, procura saber o que está acontecendo. Quando a gente retorna, a Força Tarefa Popular requer providências dos Tribunais de Contas, Ministério Público e Controladoria Geral da União".

Tudo começou em 2001, com a Rede de Jovens do NE que organizou a primeira marcha. A Força-Tarefa Popular deu continuidade ao evento e, desde então, foram feitas 09 marchas, totalizando 2.333 km percorridos e 67 municípios visitados.

marcha-02Em 2007, na sexta edição da Marcha, foi carregada uma cruz de dezessete quilos, símbolo da opressão que pesa sobre a vida do povo: falta de luz, de hospitais, médicos, emprego, saneamento básico, moradia, reforma agrária, estradas e a omissão dos Promotores de Justiça na efetivação do acesso do povo às prestações de contas dos gastos com o dinheiro público.

O panfleto divulgado na época conclamava: “A Cruz desta Marcha é carregada todo dia por você, seu filho, seus amigos. Até quando suportarás? O que precisa para acordar e lutar? Quanto sofrimento será necessário para por fim a via crucis e você fazer alguma coisa? Reaja, omissão mata! Fiscalize as contas públicas!”.

Para a Força Tarefa Popular há relação direta entre corrupção e morte, pois verificam, nos municípios visitados, que a corrupção mata e deixa o sertão mais seco.

Acompanhe o dia a dia da marcha contra a Corrupção e pela Vida e conheça seus objetivos pelo blog http://forcatarefapopular.blogspot.com/.


FONTE: Artigo escrito por Carmen Cecília de Souza Amaral especialmente para o Programa Eleições em Notícias do dia 20/07/2011 (Rádio 9 de Julho AM 1.600 KHz - São Paulo/SP). O mesmo nos foi enviado diretamente pela autora e sua reprodução é autorizada pela Rádio 9 de Julho.

Caci Amaral

Caci Amaral
Carmem Cecília de Souza Amaral é coordenadora da Pastoral Fé e Política da Arquidiocese de São Paulo, sendo também integrante da Rede Nossa São Paulo e do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE/SP). Para falar com Caci Amaral, utilize nosso formulário de contato.